• Em Destaque

    Amblipígio



    Amblipígio é uma ordem de aracnídeo que está incluída na classe  Arachnida, a mesma classe das aranhasescorpiões e carrapatosAtualmente se conhece cerca 128 espécies em cinco famílias distribuídas por todas as partes do mundo. No Brasil tem-se aproximadamente 13 espécies em três famílias (Charinidae,  Phrynidae  e Phrynichidae), que se distribuem da região do Mato Grosso do Sul para a região norte brasileira, com representantes também em Ilha Bela. Ocupam florestas tropicais e subtropicais, sendo que algumas espécies são adaptadas a vida em ambientes áridos, como desertos; também são encontrados em cavernas.

    Embora ainda seja um assunto bastante debatido, acredita-se que os primeiros amblipígios tenham surgido na Terra durante o período Devoniano. Os primeiros amblipígios de que se tem conhecimento foram encontrados na Inglaterra e na América do Norte. A disseminação destes animais teve início antes da separação da Pangea e da Gondwana. Hoje, os amblipígios possuem distribuição circumtropical, muito embora diferentes subgrupos sejam encontrados em diferentes continentes. A linhagem dos amblipígios forma, juntamente com o grupo Araneae (aranhas), um grande grupo denominado Pantetrapulmonata; este grande grupo é monofilético, o que significa que todos os animais representantes dele surgiram a partir de um único ancestral comum. Estudos mais recentes afirmam que amblipígios também possuem relações de parentesco bem próximas a outros dois grupos de animais, Thelyphonida e Schizomida. Amblipígios estão divididos em duas subordens, Paleoamblypygi e EuamblypygiPaleoamblypygi é composta por apenas uma única espécie extinta, anteriormente distribuída pela África; Euamblypygi engloba quatro famílias, 16 gêneros e cerca de 150 espécies distribuídas pelo mundo todo. Dados mais recentes indicam que o número de espécies extintas foi elevado para 9, com registros na Europa, América do Norte e Brasil.

    Fonte: Wikipédia




    • Comente
    • Comente com Facebook

    0 comentários:

    Postar um comentário

    Item Reviewed: Amblipígio Rating: 5 Reviewed By: Bruno Angelim
    Topo