• Em Destaque

    Você sabia que em 5 mil anos o genoma humano mudou 7%?


    A evolução do genoma humano é cercada de mistérios e perguntas sem respostas a respeito do nosso código genético. Nos últimos anos, os pesquisadores têm tentado aprofundar os estudos e pesquisas sobre a genética, a fim de descobrir a ligação entre as evoluções do genoma e as doenças e características físicas dos seres humanos.

    Depois da conclusão do Projeto Genoma Humano, pesquisa colaborativa, desenvolvida por pesquisadores de vários países, algumas questões sobre o código genético humano ficaram abertas, sem uma resposta definitiva dentro do mapeamento. É importante dizer que o Projeto Genoma começou a ser realizado em 1990 e foi concluído em 2003. De lá para cá, muitos outros esforços foram feitos no intuito de avançar os conhecimentos sobre a genética.


    Evolução acelerada?


    Existem esforços internacionais para compreender os segredos do genoma humano, alguns cientistas afirmam que a genética vem passando por uma evolução rápida, cerca de 100 vezes mais veloz que em qualquer outro período na história humana. Um destes pesquisadores é John Hawks, que acredita que o genoma humano mudou 7%, equivalente a uma alteração de 1,8 mil genes, indicando uma alteração esquelética importante, tudo isso acontecendo nos últimos 5 mil anos.

    Alguns estudos comprovam que diversas peças de DNA permanecem intactas por muito tempo, graças à preservação provocada pela seleção natural. Para John Hawks, professor adjunto de antropologia da Universidade de Wisconsin-Madison, a evolução humana só realmente acelerou na história recente.



    As principais mudanças genéticas estão relacionadas ao nosso tamanho, ficamos menores, com dentes menores e com cérebros menores. Visto como um "relaxamento seletivo", indica que o tamanho nem a força seriam mais tão importantes para a sobrevivência. Para o cientista, o próximo fator seletivo para alteração genética estaria relacionada à resistência a doenças, como vivemos em comunidades cada vez maiores, os padrões de mortalidade relacionados à doenças epidêmicas aumentou muito, desencadeando um fator chave para a evolução.

    Hawks acredita que a genética mitocondrial dos humanos contemporâneos é resultado, em partes, da seleção natural do DNA em fatores metabólicos. Em sua página na internet, chamada de “John Hawks Weblog”, o cientista fala sobre uma pesquisa atual que discute o significado e as implicações de fósseis descobertos relacionados à evolução humana, a genética e genômica de populações de hominídeos. Ele também faz um comentário geral sobre a literatura científica e popular. Hawks é um dos principais nomes mundiais em conhecimentos sobre a genética humana.


    Fonte: Site de Curiosidades


    Contribua




    • Comente
    • Comente com Facebook

    0 comentários:

    Postar um comentário

    Item Reviewed: Você sabia que em 5 mil anos o genoma humano mudou 7%? Rating: 5 Reviewed By: Bruno Angelim
    Topo