• Em Destaque

    Ministério regulamenta ação para proteger macacos em risco de extinção

    Foto: Reprodução / internet

    A implantação de corredores ecológicos para interligar os fragmentos florestais onde vivem as últimas populações do macaco-prego-galego (Sapajus flavius), bem como transformá-los em unidades de conservação, estão entre as ações prioritárias para a proteção do primata.

    A iniciativa, que foi uma das deliberações aprovadas pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA) durante o 17º Congresso Brasileiro de Primatologia, foi regulamentada por meio de portaria publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira (14).

    A medida integra a Operação Primatas, estratégia emergencial de proteção a 35 espécies de macacos que correm o risco de desaparecer da natureza, entre eles, o macaco-prego-galego.

    Em Pernambuco, o registro dessa espécie, classificada como "em perigo" no livro vermelho de animais ameaçados de extinção, ocorre em algumas matas situadas entre os municípios de Tamandaré e Nossa Senhora do Ó, na Zona da Mata Sul, e nas de Goiana, na Mata Norte, onde vive uma maior população.

    Embora contemplado nos Planos de Ação Nacional (PANs), a Operação Primatas entra como uma estratégia que articula governos estaduais e prefeituras diretamente com universidades e ONGs. Na prática, ao envolver gestores públicos, as metas de proteção ganham mais força e celeridade para saírem do papel, uma vez que os PANs têm ações de médio a longo prazo e não envolvem verba governamental.

    Fonte: Folha de Pernambuco
    • Comente
    • Comente com Facebook

    0 comentários:

    Postar um comentário

    Item Reviewed: Ministério regulamenta ação para proteger macacos em risco de extinção Rating: 5 Reviewed By: Matteo Peixoto
    Topo